Como desbloquear sites na Internet do básico ao expert

Não está conseguindo desbloquear sites na internet? Todo usuário na web provavelmente já enfrentou o problema de sites bloqueados pelo menos uma vez. Isso pode acontecer por causa da censura do governo, regras do escritório ou da escola, e o mais comum, restrições de geolocalização ou outros motivos.

Às vezes, até mesmo recursos de sites prejudiciais podem ter acesso restrito. Se você estiver interessado em saber como desbloquear site, continue lendo este artigo.

A internet está cheia de conteúdos incríveis. Contudo, dependendo de onde você vive ou esta no momento pode ser que não consiga ver o que deseja, nem sempre podemos desfrutar de tudo, mas tem jeito de contornar isso.

Mesmo existindo alguns motivos, isto inclui:

  • Os provedores de conteúdo usam blocos geográficos para restringir seu acesso.
  • Governos opressores forçam ISPs nacionais a bloquear sites específicos.
  • Escolas, empresas e outras instituições usam firewalls para controlar quais sites você pode ser acessados.

Parece ruim, mas não. Veja!

como desbloquear sites na Internet rápido e fácil

8 maneiras de desbloquear sites na web

A partir daqui você não precisa mais ficar chateado por não conseguir acessar aquele site que desejava muito assistir um dos seus filmes, programas favoritos ou ver as últimas notícias?

Aqui está o que você pode fazer para desbloqueá-los agora mesmo.

1. Desbloquear sites usando o cache do seu navegador

Esta ideia é ridiculamente simples e pode permitir que você acesse uma página “proibida” que já foi visitada. Por exemplo, se você estiver pesquisando no Google, clique na pequena seta verde ao lado do endereço do site e selecione “Em cache”.

Uma opção semelhante está disponível em outros mecanismos de pesquisa.

Desbloquear sites usando o cache do seu navegador

2. Obtenha acesso a sites restritos através do Opera

Para contornar qualquer bloqueio de sites que você deseja ver, basta baixar o Opera se por um acaso não tiver, depois, ativa a VPN gratuita pela primeira vez. Siga os passos: habilite-a em Menu -> Preferências, Configurações -> Avançado, Privacidade -> desça até VPN.

Você verá na barra de endereço um ícone que mostra o status da VPN. Basta clicar nele para ativar e desativar o serviço de VPN. Você poderá selecionar o local virtual desejado e também ver as estatísticas dos dados utilizados.

A VPN do Opera também pode ser usada em janelas de navegação privada. Não é um sonho mas dá para o gasto.

3. Como desbloquear sites no Chrome

Se você estiver usando um navegador Google Chrome, poderá usar extensões especiais para acessar sites proibidos. O princípio de funcionamento desta forma é que, ao visitar um site, a extensão verifica a velocidade de acesso ao site.

Se o acesso for baixo, a extensão redireciona o acesso à página por meio de um site proxy. Existem extensões variáveis ​​para a Chrome Web Store.

Como desbloquear sites no Chrome

4. Ignorar bloqueio de site via TOR

Nos casos anteriores, os dados são enviados através de diferentes servidores pertencentes a um navegador, proxy ou outros desenvolvedores da empresa. Com o Tor, no entanto, você lida com usuários comuns da internet em locais diferentes.

O Tor é um software executado no computador que permite que os participantes do Tor ajudem uns aos outros para desbloquear sites. A principal dificuldade com o Tor e sistemas semelhantes é acertar a configuração.

Dica: saiba como navegar anônimo na internet e proteger seus dados e informações pessoais.

Se você configurá-lo incorretamente, poderá deixar “lacunas” pelas quais as informações não criptografadas podem fluir.

5. Contornar sites bloqueados via VPN

Talvez a VPN (rede privada virtual) seja a maneira mais conveniente e confiável de contornar vários bloqueios. VPN é uma forma de esconder o seu endereço IP, mudando-o para o servidor IP de outro país onde o site está desbloqueado. Tem um grande bônus – você obtém um canal seguro com criptografia de todos os dados transmitidos.

Os sites mais comuns que as pessoas usam VPN para desbloquear são:

  • Sites de filmes
  • Sites de música
  • Sites de games e jogos online
  • Sites de documentários
  • Sites de mídias sociais

6. Use um DNS inteligente

Como uma VPN, um DNS inteligente também é um serviço online que esconde sua geolocalização. No entanto, ele não faz isso falsificando seu endereço IP. Em vez disso, ele oculta seu endereço DNS, pois também contém dados que vazam sua localização geográfica.

Além do mais, o serviço usará servidores proxy dedicados de todo o mundo para resolver suas solicitações de DNS para fazer com que os sites acreditem que você é de um país diferente.

Basicamente, o Smart DNS irá interceptar suas solicitações de conexão para qualquer site que você deseja acessar. Depois de fazer isso, ele substituirá todos os dados nas solicitações que podem vazar sua geolocalização por novas informações que apontam para uma região na lista de permissões.

Uma das melhores coisas sobre os serviços Smart DNS é que eles não criptografam seu tráfego. Embora isso signifique que você não terá nenhum aumento de privacidade, também significa que você pode usar as velocidades originais do ISP para desfrutar de conteúdo online. Portanto, você não precisa se preocupar com possíveis desacelerações.

VPNs são mais propensos a serem bloqueados por provedores de conteúdo do que por serviços Smart DNS, mas tenha em mente que eles não estão completamente fora da linha de fogo caso as plataformas queiram reprimir.

Infelizmente, um DNS inteligente não pode ajudá-lo a contornar os firewalls, pois na verdade não esconde seu endereço IP e tráfego. Por sorte, o ExpressVPN também oferece um serviço Smart DNS além de seu serviço VPN, dando a você o melhor dos dois mundos. E sim, ele desbloqueia Netflix US e BBC iPlayer.

7. Torne-se anônimo usando sites proxy

Muito frequentemente, em ambientes profissionais, os empregadores estabelecem certos limites, restringindo sua entrada a determinados sites, blog ou portais. Quando você deseja acessar esses sites eles estão bloqueados. Os sites do servidor proxy podem atuar como um método de resgate.

Na web, existem centenas de sites de proxy que tornam sua experiência na web “irrestrita”. Um site proxy torna-se um moderador entre o site do usuário e do servidor. O site proxy camufla o site bloqueado dos ISPs e permite que você acesse sites obstruídos.

Para obter um site proxy para praticamente qualquer site bloqueado, basta fazer uma pesquisa no Google.

Dica: Aprenda se livrar do controle e censura na internet regulada com dicas simples e rápidas.

8. Conecte-se ao site com seu endereço IP

Estou deixando isso para o final porque este método não funciona com blocos geográficos, apenas com firewalls.

Basicamente, se você tiver sorte o suficiente, às vezes o administrador da rede ou autoridade governamental, descuidadamente, bloqueia apenas um site pelo URL e não pelo endereço IP. Se for esse o caso, você pode desbloquear o site digitando seu endereço IP na barra de URL em vez de seu nome de domínio.

Para encontrar o endereço, basta abrir o Prompt de Comando e digitar “ping [nome do site].”

Para o Facebook, seria “ping facebook.com”, por exemplo.

Se você não estiver no Windows ou não quiser fazer isso, use WhatIsMyIPAddress.com. Basta digitar o nome do site e pronto.

Compartilhamos 8 maneiras de desbloquear sites na internet, aproveita e descubra mais sobre censura na internet e como ela pode prejudicar sua navegação. Você decide qual usar, mas, por favor, aprenda os prós e os contras de cada forma com cuidado e escolha a que funciona melhor para você.